Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Desembargador libera lagosta e vinho para o STF

Equipe BR Político

O vice-presidente do TRF-1, desembargador Kassio Marques, atendeu pedido da AGU, e cassou a decisão liminar que havia suspendido a licitação do STF para a compra de bebidas, entre elas vinhos importados e premiados, e refeições, incluindo lagosta. A decisão foi assinada na segunda-feira, 6, mas divulgada só na manhã desta terça, a licitação está permitida, segundo o G1.

Ontem, a juíza federal Solange Salgado, do Distrito Federal, havia cancelado o pedido do STF com o argumento de que o edital da lagosta e do vinho não se insere como “necessário para a manutenção do bom e relevante funcionamento do Supremo Tribunal Federal” e os itens exigidos na licitação “destoam sobremaneira da realidade socioeconômico brasileira, configurando um desprestígio ao cidadão brasileiro que arduamente recolhe seus impostos para manter a máquina pública funcionando a seu benefício”.

Tudo o que sabemos sobre:

STFmenulagostavinhodesembargador