Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Destaques do dia: O fruto das reuniões de Bolsonaro

Gustavo Zucchi

Os encontros de Jair Bolsonaro com as bancadas partidárias começam a dar fruto. Nesta quarta-feira, 12, o presidente eleito pediu ao DEM apoio formal no Congresso e deve ser atendido pelos democratas, que contam com três ministros no futuro governo. Quem ainda não deu as caras foi Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro cujas contas estão sendo investigadas por movimentações suspeitas. Em live na internet, o presidente apoiou as investigações, frisou que não é investigado e disse que casos assim lhe “doem no coração”, mas que “vai pagar” em caso de irregularidade.

Já os diplomatas “das antigas” devem estar com o coração apertado. Eles temem ficar na geladeira pela nova geração capitaneada por Ernesto Araújo. O novo chanceler já sinaliza também que não colocará o Brasil no Pacto Global para Refugiados, iniciativa similar à voltada para os imigrantes que o futuro chanceler rechaçou nesta terça-feira. E o atentado em Campinas não mudou em nada as disposições anti e pró-estatuto do desarmamento. Quem era a favor, continua a favor.

Quer saber mais? Receber as principais notícias do BR18 no seu e-mail? É só se cadastrar na nossa newsletter, na caixa que fica na coluna da direita aqui do site.

Você vai receber um e-mail por dia com os assuntos mais importantes sobre a política nacional.

Tudo o que sabemos sobre:

Newsletter