Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Dinheiro embaixo do colchão

Equipe BR Político

Levantamento feito pelo Estadão com base em informações do TSE mostra que os candidatos têm guardado muito dinheiro ‘embaixo do colchão’. São R$ 304 milhões em dinheiro vivo declarados à Justiça Eleitoral em 2018 por 2.390 candidatos, sendo que 36 deles afirmam ter mais de R$ 1 milhão em espécie cada.

Alguns chegam a guardar mais de R$ 5 milhões em notas, como  o atual suplente de deputado e comerciante Juraci Tesoura de Ouro (PTB-DF). Ao Estadão, afirmou que guarda o dinheiro porque “faz muitos negócios”.

Tudo o que sabemos sobre:

TSEpatrimônio dos candidatos