Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Dinheiro para pesquisa brasileira vai acabar?

Equipe BR Político

Entidades de fomento a pesquisa estão preocupadas com o futuro. Isso porque o governo anunciou na semana passada um novo corte no já reduzido orçamento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). O novo corte ameaça o pagamento de bolsas de estudo de pesquisadores.Na última sexta-feira, o cenário de crise foi acelerado, com um decreto estabelecendo o contingenciamento de 42,2% das verbas previstas para a pasta em 2019.

Com o corte, algumas das principais entidades científicas do País, que estimam que com a redução das verbas destinadas ao CNPq, principal órgão de fomento da pesquisa brasileira, só será possível cobrir auxílios a alunos e pesquisadores até julho. Para o resto do ano, não há verba. “Este corte prejudica a formação de pesquisadores que poderiam contribuir para áreas críticas ao progresso do País, como o desenvolvimento de remédios que permitam enfrentar epidemias ou tecnologias para aumentar a segurança de barragens”, avaliou Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC) ao Globo.

Tudo o que sabemos sobre:

dinheiropesquisabrasileiro