Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Dino quer reunião com Bolsonaro por ‘pacto nacional pelo emprego’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Depois que o presidente Jair Bolsonaro fez mais uma crítica indireta a medidas de isolamento nesta segunda-feira, 27, e acusou gestores de “acabar com o emprego no Brasil”, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) afirmou que encaminhou a Bolsonaro um ofício propondo que ele reúna governadores, entidades empresariais e de trabalhadores, “visando a um Pacto Nacional pelo Emprego.”

O governador do Maranhão, Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino Foto: Gilson Teixeira/Governo Maranhão

A afirmação do presidente ocorreu no primeiro dia em que ele retornou ao Palácio do Planalto após sua contaminação pelo coronavírus a apoiadores. “Muitos problemas para resolver que outros fizeram pra botar no meu colo. Acabaram com o emprego no Brasil. A gente vai ter que trabalhar para recuperar isso aí”, disse na manhã de hoje.

“Encaminho agora um ofício ao presidente da República propondo que ele reúna os governadores, entidades empresariais e de trabalhadores, visando a um Pacto Nacional pelo Emprego. Hoje o secretário de Política Econômica do Governo Federal anunciou que o desemprego vai aumentar”, escreveu Dino nas redes sociais.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio DinoJair Bolsonaroemprego