Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Direita e esquerda juntas pela soberania

Vera Magalhães

Poucas coisas unem tanto a extrema direita e a esquerda quanto a defesa inflamada do nacionalismo e da soberania nacional. Os discursos de militares agora em defesa da Amazônia emulam os feitos por expoentes da esquerda recente, como Lula e Aldo Rebelo, e também posicionamentos históricos dos dois lados, recorrentes na história do Brasil. Quem rememora os discursos e mostra a semelhança entre os extremos é Demétrio Magnoli em sua coluna deste sábado na Folha.

“A invocação da soberania nacional é o refúgio clássico de governantes quando estrangeiros apontam rupturas dos compromissos internacionais assumidos pelo país, desrespeito às leis nacionais ou violações dos direitos dos cidadãos. Os canalhas perfilam-se à sombra da bandeira sempre que emergem temas diplomáticos globais, como as políticas ambientais e os direitos humanos. Nessas horas, a extrema direita e a esquerda tradicional revelam suas notáveis semelhanças. Então, uns e outros começam a empregar as palavras imperialismo e colonialismo”, escreve o geógrafo.