Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Diretor-geral da OMS desmente Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus, afirmou nesta tarde de terça, 31, no Twitter que “pessoas sem renda regular ou qualquer apoio financeiro merecem políticas sociais que lhes assegurem dignidade e os permitam cumprir com as medidas recomendadas pelas autoridades nacionais de saúde e a OMS para a covid-19”, após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que a entidade internacional “se associou” a ele. Um dia antes, Ghebreyesus declarou em coletiva o mesmo que disse hoje, destacando que era necessário garantir o “pão diário” aos mais necessitados nesta pandemia do novo coronavírus, e não que o isolamento parcial seria necessário para não faltar o pão aos mais pobres. “Segundo a organização, ele afirmou que as pessoas que perderam renda por causa da covid-19 precisam receber apoio”, diz a TV Globo em referência à resposta dada por Ghebreyesus à emissora.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Ghebreyesus Foto: Denis Balibouse/Reuters