Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Dispersão e traições eleitorais

Vera Magalhães

As novas regras eleitorais e o fim do financiamento privado de campanhas supervalorizaram os partidos no mercado eleitoral. É esta a análise de Bruno Boghossian em sua coluna na Folha, ao analisar o primeiro grande caso de “traição” na corrida de 2018: a migração do PP do palanque de Marcio França para o de João Doria em São Paulo. “A pouco mais de três meses da disputa, ninguém é de ninguém”, escreve.