Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Disputa eleitoral pesa na pauta do governo

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

A aproximação da disputa municipal no próximo ano e a própria sucessão presidencial de 2022 passaram a ganhar um peso extra  no rumo tomado pelo governo na hora de bancar suas propostas. Informalmente, a ordem é reduzir ao máximo projetos que possam causar desgaste na imagem do presidente Jair Bolsonaro e prejudicar as chances de vitória de seus aliados nas disputas pelas prefeituras e também sua própria corrida pela reeleição.

É essa visão política que já vai sepultando, por exemplo, a reforma administrativa e também vai liquidando a taxação do seguro-desemprego como fonte para bancar o programa Emprego Verde Amarelo, entre outras propostas apresentadas pelo governo. Outra ideia que já corre risco de ir para o buraco é a parte de criar uma nova alíquota de imposto de renda mais elevada para aqueles que recebem mais.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma administrativa