Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Disputa entre ministérios no setor de energia

Vera Magalhães

Está em curso nos bastidores da Esplanada dos Ministérios uma disputa entre as pastas da Economia e de Minas e Energia pelo controle da agenda de energia no governo Bolsonaro. O ministro Bento Costa Lima (MME) enfrenta tentativas de interferência em sua pasta. Paulo Guedes encomendou ao professor Carlos Langoni um plano para o mercado de gás com o objetivo de reduzir o custo do insumo à metade.

Sem dizer como conseguirá isso, o plano, segundo representantes do setor, deve desencadear uma chuva de ações judiciais, a exemplo do que ocorreu quando Dilma Rousseff decidiu intervir no setor elétrico. Nos combustíveis acontece coisa parecida. Depois que o MME lançou o programa Abastece Brasil para atrair mais investimentos às áreas de refino e logística, a direção-geral da ANP tem tentado aprovar no CNPE uma agenda que contraria o setor e tem potencial, de acordo com empresas, de criar instabilidade jurídica e afugentar investimentos. / V.M.