Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Fucs: A implosão precoce dos partidos

José Fucs

Ainda faltam quase cinco meses para as eleições. As candidaturas sequer foram confirmadas oficialmente. Mas, desde já, os partidos estão implodindo. O PSB, que já estava dividido entre se aliar a Lula ou apoiar Joaquim Barbosa, agora, com a desistência do ex-presidente do STF, estilhaçou. Uma ala se mostra disposta a afundar com o PT, outra quer apoiar Ciro e uma terceira pretende se aliar a Alckmin.

O PT, por sua vez, digladia-se entre seguir atado ao grande líder encarcerado e adotar um plano B. Já o PSDB oscila entre se unir ou não ao MDB de Temer, que, de seu lado, está rachado entre se aliar a Alckmin e lançar Meirelles. Por fim, com a filiação do empresário Benjamim Steinbruch, que pode ser vice de Ciro, o PP, comprometido com Rodrigo Maia, do DEM, está flertando com o PDT. / José Fucs