Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do hospital, Bolsonaro reprisa bordão: ‘Irruuu’

Vera Magalhães

Jair Bolsonaro usou uma postagem do hospital para repetir o “irruuu”, bordão a la rodeio que usou em recente transmissão ao vivo para caçoar de João Doria Jr., e dizer que em breve estará “de volta ao campo”. Surge, assim, mais um bordão para o presidente.

Toda a mitologia em torno de Bolsonaro foi construída assim, na mediação entre contato com o público e redes sociais. Vieram as cenas de Bolsonaro sendo carregado em aeroportos, o bordão “grande dia” –usado tanto para celebrar feitos do governo quanto agruras dos adversários–, os emojis de bandeiras do Brasil e de Israel, as fotos simulando arminhas com as mãos e tantos outros signos caros ao bolsonarismo.

O presidente da Republica Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto

Foto: Dida Sampaio/Estadão

A facada que quase tirou a vida do então candidato também foi incorporada ao universo simbólico do Mito. O presidente passou a se referir ao 6 de setembro como seu renascimento. Na última sexta-feira, pessoas se reuniram para cantar “Parabéns” para o presidente. Durante a convalescência dessa nova cirurgia, Bolsonaro deve manter ativa a comunicação via redes sociais, com direito a bordão de peão de boiadeiro, para evitar a perda de contato direto com o público –ainda mais no momento em que pela primeira vez enfrentou uma fissura nessa lua de mel, com a indicação de Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República, na semana passada.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroJoão Doriaredes sociais