Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Adiamento de ida de Guedes na CCJ expõe falta de articulação

Marcelo de Moraes

A falta de articulação política do governo voltou a ser demonstrada nesta terça, 26, no Congresso. Depois de anunciar com pompa e circunstância a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, na sessão da Comissão de Constituição e Justiça, os governistas decidiram adiar sua ida. Guedes falaria sobre a reforma da Previdência e havia grande expectativa do mercado que ele, com sua capacidade técnica, pudesse melhorar o ambiente político e pavimentasse um caminho para a proposta avançar.

Só que o clima político no Congresso continua péssimo e a CCJ sequer escolheu um relator para a reforma. Tudo indicava que o clima na comissão seria de pura beligerância contra Guedes e contra o governo. Daí, aliados do Planalto acharam melhor adiar a audiência com o ministro. Só que o erro foi deixar que a expectativa pela fala do ministro fosse criada. Se existia um clima adverso para o governo na CCJ – e até as pedras do Congresso sabiam que havia – a reunião nem deveria ter sido marcada. Agora, o adiamento causou frustração no mercado e reforçou a imagem de que o governo segue encalacrado para destravar a reforma. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

Paulo Guedesprevidência