Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Alcolumbre e Maia tentam blindar Mandetta

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Com Jair Bolsonaro tornando pública sua insatisfação com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, coube aos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara, Rodrigo Maia, se mobilizarem para tentar blindar politicamente o colega de partido. Os dois jantaram ontem com o ministro na casa de Alcolumbre e decidiram que atuarão para fortalecer a presença de Mandetta no comando das ações de combate ao coronavírus.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o presidente Jair Bolsonaro

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o presidente Jair Bolsonaro Foto: Gabriela Biló/Estadão

Tanto Maia quanto Alcolumbre avaliam que Mandetta é a melhor opção para garantir a manutenção da política de isolamento no País para tentar reduzir a expansão da doença. Se for substituído por Bolsonaro, a avaliação é que será nomeado um ministro alinhado com o pensamento do presidente, que defende o fim do isolamento e a volta ao trabalho, contrariando as orientações das principais autoridades médicas internacionais. Ambos acham que isso poderá agravar o quadro da doença no Brasil.

Durante sua participação numa live organizada pelo jornal Valor Economico hoje, Maia já reforçou a defesa pública de Mandetta. Alcolumbre, que contraiu e se curou do coronavírus, deverá fazer o mesmo sempre que tiver oportunidade.