Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Alguém tinha dúvida que o mercado ia derreter na abertura?

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Com o fim do feriado do Carnaval, o mercado financeiro brasileiro reabriu seus trabalhos no início desta tarde em ritmo de derretimento. Com a epidemia de coronavírus se espalhando pelo mundo e chegando ao seu primeiro caso confirmado no Brasil e com a situação política do País piorando, o mercado respondeu da pior maneira possível e já registrava queda da Bolsa de quase 5% pouco mais de meia hora após a abertura dos trabalhos. Essa queda representava mais de 5,5 mil pontos. O dólar, claro, também disparou batendo, no mesmo horário, em quase R$ 4,42, obrigando o Banco Central a intervir com leilão da moeda para tentar segurar a alta.

O impacto do coronavírus se espalhar pela Europa e chegar na América Latina já seria suficiente para causar uma quarta-feira de cinzas daquelas para o mercado brasileiro. Mas a notícia revelada pelo BRP mostrando que Jair Bolsonaro divulgou pelo WhatsApp vídeos sobre a manifestação contra o Congresso e a favor do seu governo gerou uma onda de protestos contra a sua atitude. Já preocupados com os futuros das reformas no meio de um clima político instável, os investidores, claro, acusaram o movimento e o mercado vacina refletindo essa situação até o momento.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Do Marcelocoronavírusmercado