Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Brigas bolsonaristas podem frear roadshow da Infraestrutura

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Enquanto os bolsonaristas montaram uma pesada operação política para tentar barrar a abertura da CPI da Lava Toga no Senado e provocaram barulhenta divisão entre seus seguidores, o ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, iniciou exatamente nesta segunda um roadshow pelos Estados Unidos para apresentar a carteira de investimentos no Brasil para o setor. Com um governo especializado em criar polêmicas a todo instante – uma “usina de crises”, segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia – certamente aumentará a dificuldade para atrair empresas estrangeiras interessadas em investir no País. A Infraestrutura é justamente uma das maiores apostas da equipe econômica para conseguir um caminho para a retomada no crescimento econômico.

O ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, em Brasília

O ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas. Foto: Adriano Machado/Reuters

Apesar disso, o ministro demonstra otimismo com o sucesso do roadshow. E se preocupou em prometer garantias para quem quiser colocar dinheiro no Brasil. “Começamos hoje agenda de apresentações do programa de concessão de ferrovias, aeroportos, rodovias e portos do governo Jair Bolsonaro, em Nova York. Apresentamos também medidas adotadas para aumentar previsibilidade, transparência e segurança jurídica para investidor internacional”, escreveu o ministro na sua conta do Twitter.

“Resultados já consolidados, como a redução de 36% de demandas na Justiça do Trabalho, e novos instrumentos que vamos lançar, como o decreto que aprimora o mecanismo da arbitragem, estão criando um novo ambiente de negócios no Brasil”, acrescentou. Resta saber se isso é suficiente como garantia para os investidores enquanto o governo segue priorizando suas polêmicas.