Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Caiu a ficha do governo: economia precisa ser sacudida

Marcelo de Moraes

Depois de completar o primeiro semestre sem fazer deslanchar a retomada do crescimento do País, a equipe econômica tomou a decisão correta, procurando encontrar opções para reverter o problema. Não foi sem tempo, embora as medidas adotadas ainda tenham um jeitão de cozinha experimental. Tanto que o anúncio das regras para liberar o saque de contas ativas do FGTS precisou ser adiado para ser ajustado na sua calibragem.

Todas as estimativas de crescimento mostram que o País terá um crescimento do PIB em 2019 muito baixo ou próximo de zero. Levando em conta que há cerca de 13 milhões de desempregados e outros milhões de desalentados, ou o governo se mexe ou corre o risco de ver sua popularidade desaparecer. A aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara e o início da discussão da reforma tributária são movimentos importantes e estruturantes, mas não produzem impacto imediato. E foi isso que o governo parece finalmente ter compreendido. Alimentar polêmicas para ganhar apoiadores pode fazer sucesso nas redes sociais, mas a ação é completamente diferente do que aquecer a economia e retomar o crescimento. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

Do Marcelomedidas para aquecer a economia