Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Crise acabou com 2,1 milhões de empregos no comércio

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) mostram o tremendo impacto que a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus provocou nos empregos do comércio. A pesquisa, divulgada hoje pelo IBGE, aponta um corte de 2,1 milhões de vagas no setor no último trimestre.

Dados da Pnad Contínua mostram que o setor de comércio foi o que mais sofreu os impactos da pandemia do coronavírus Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Os números mostram que todos os setores analisados perderam empregos, mas o comércio foi o mais castigado com um recuo de 12,3% em relação ao trimestre passado. A construção perdeu 1,1 milhão de vagas, caindo 16,6%. Nos serviços domésticos, houve perda de 1,3 milhão de postos (21,1% de tombo).

Tudo o que sabemos sobre:

Do Marceloempregosdesemprego