Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Dá para desenrolar a vacinação, ministro?

Marcelo de Moraes

No dia 21 de outubro, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, levou uma enquadrada pública de Jair Bolsonaro por ter anunciado um protocolo de intenção de compra de 46 milhões de doses da vacina Coronavac. Depois disso, num vídeo constrangedor, gravado ao lado do presidente, enquanto se recuperava da Covid, deixou claro seu modus operandi na condução da Pasta:

“Senhores, é simples assim: um manda e o outro obedece. Mas a gente tem um carinho, entendeu? Dá para desenrolar, dá para desenrolar”, afirmou.

O minsitro da Saúde, Eduardo Pazuello, em live com o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta

Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Facebook Jair Bolsonaro

O ministro poderia, agora, seguir sua filosofia e desenrolar o plano de vacinação do ministério. Porque está cada vez mais claro que ele não passa de um esboço, movido pela pressão da opinião pública e da classe política. Como Bolsonaro manda e ele obedece, o ministro não tem a menor ideia sobre o que pode fazer sem desagradar ao chefe. E, por isso, todos os dias há completo desencontro dos procedimentos que serão tomados.

A data de previsão de vacinação muda todos os dias. Já foi março, virou 60 dias, mas pode ser antes. Mas desde que se saiba também qual ou quais serão as vacinas usadas, outro aspecto indefinido até agora. E seria bom também ter a informação se haverá seringas, acondicionamento para as doses e, muito importante, uma estratégia para sua distribuição em todo o território nacional.

Mas com o presidente aparentando estar mais preocupado em não botar azeitona na empada política de seus adversários, o ministro Pazuello segue tateando no escuro para produzir um plano nacional de vacina. E com a vacina se tornando, como esperado, um clamor nacional, o próprio Bolsonaro vai aumentar a pressão sobre o general em busca de uma solução. Espera-se que a resposta do general seja que “dá para desenrolar”.