Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Governo esnoba Argentina, mas já quis até o ‘peso real’

Marcelo de Moraes

No início de junho, Jair Bolsonaro esteve na Argentina e, num momento de entusiasmo e encantamento mútuo com a nação vizinha, chegou a falar no sonho da criação de uma moeda única entre os dois países: o “peso real”. A ideia de unificação das moedas foi rechaçada por especialistas e posta de lado por falta de consistência técnica, mas seguiu reverberando como prova da promissora parceria futura que poderia ser firmada entre os governos dos dois países.

Agora, menos de três meses depois, bastou que o presidente Mauricio Macri tomasse uma chapuletada nas eleições primárias da Argentina e ficasse perto da perda da reeleição para tudo mudar. Como a chapa de Alberto Fernández e Cristina Kirchner, classificada de “esquerdalha” por Bolsonaro, se tornou franca favorita para ganhar, o amor acabou. E o presidente passou a esnobar a relação com a Argentina, terceira maior parceira comercial do Brasil. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

Do MarceloArgentina