Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Governo mira no eleitor jovem com Emprego Verde Amarelo

Marcelo de Moraes

O governo de Jair Bolsonaro faz uma aposta política importante focando o programa Emprego Verde Amarelo em jovens entre 18 e 29 anos. Num País onde a falta de trabalho se tornou um drama social, os jovens encontram enormes dificuldades para obter algum tipo de vaga. Normalmente, possuem menos qualificação e pouca experiência, o que torna mais complicada a busca por trabalho.

Ao reduzir os custos trabalhistas dessas vagas, o governo espera sensibilizar os empresários a empregarem mais jovens. Em contrapartida, reduz também direitos, mas parte do princípio que é melhor isso do que nada.

É uma aposta, mas a experiência tem mostrado que, volta e meia, planos desse tipo parecem promissores no lançamento, mas nem sempre entregam o que prometem. Na ocasião custa lembrar que no seu primeiro mandato Luiz Inácio Lula da Silva apresentou com grande pompa o programa Primeiro Emprego, justamente para atender os trabalhadores mais jovens. O programa foi um retumbante fracasso e precisou ser revisto.

Outra lembrança feita pela oposição esta semana foram os dois anos de aprovação da proposta de reforma trabalhista, votada ainda no governo de Michel Temer. Para os partidos de esquerda, a reforma serviu apenas para precarizar os postos de trabalhos, sem gerar novas vagas de forma expressiva.

Bolsonaro sabe que a capacidade de gerar empregos é um fator que pode pesar bastante a favor de sua popularidade. Seja de forma positiva ou não. Com seu primeiro ano de mandato chegando ao fim, o presidente sabe que precisa de respostas rápidas para evitar o desgaste político.

Tudo o que sabemos sobre:

Do Marcelo