Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: Maia dá fôlego às reformas ao se comprometer com aprovação

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Ao reassumir publicamente seu compromisso com a aprovação das reformas, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, faz um gesto que pode impedir que elas naufraguem no meio de mais uma trombada política envolvendo governo e Congresso. Depois que os bolsonaristas decidiram pressionar o Parlamento, na esteira da discussão pelo controle de verbas orçamentárias, azedou o clima com o governo e o avanço das reformas passou a ser visto com maiores dificuldades.

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Logico que apenas uma declaração de Maia não garante nada. Ainda mais num terreno cada vez mais conflagrado pelos interesses políticos de cada lado. Mas o gesto sinaliza que o presidente da Câmara prefere atuar nessa questão muito mais como bombeiro do que como incendiário.

Mas é bom que se preste atenção em alguns pontos da declaração feita por Maia nas suas redes sociais.  Se volta a defender a aprovação das reformas, ele também reconhece a existência de uma “crise política” e da influência que as redes sociais passaram a ter sobre a política. “Estou muito confiante no Parlamento, mesmo com toda a crise política, com o novo momento da política nas redes sociais”, escreveu Maia.

Portanto, ao mesmo tempo em que o deputado faz um gesto em prol das reformas, é importante notar que ele não esconde a existência de uma crise entre Executivo e Legislativo. Num cenário em que as reformas tributária e administrativa e outras propostas importantes, como autonomia do Banco Central e PEC Emergencial, por exemplo, já enfrentam dificuldades naturais para serem aprovadas, qualquer desentendimento pode colocar em risco uma pauta extremamente importante para o País. Ainda mais num momento em que o efeito do Coronavírus tem sido prejudicial para a economia em todo o mundo.

Tudo o que sabemos sobre:

Do MarceloRodrigo MaiaReformas