Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Do Marcelo: O ‘climão’ entre Congresso e Judiciário

Marcelo de Moraes

O almoço de hoje entre o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Tóffoli, com o ministro da casa Civil, Onyx Lorenzoni, foi um primeiro passo para intermediar uma tentativa de desanuviar o clima pesado entre o Congresso e o Judiciário. Na Câmara e no Senado foram deflagradas ações com a clara finalidade para conter o que esse grupo de parlamentares chama de “ativismo judiciário”. Boa parte dos autores dessa ação é alinhado ou simpático ao governo federal.

Apenas nos últimos dias foram apresentadas propostas de criação da CPI da “Lava Toga”, de reversão da PEC da Bengala (que reduz a idade para os ministros dos tribunais, o que aposentadoria vários dos atuais integrantes das cortes) e o desarquivamento da PEC da Vida, para evitar que o Supremo legisle sobre o aborto no lugar do Congresso. Como Onyx tem grande influência sobre o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e sobre boa parte da bancada governista, essa conversa com Tóffoli serve como um primeiro movimento para frear a queda-de-braço entre Judiciário e Legislativo. /Marcelo de Moraes

Tudo o que sabemos sobre:

Do Marcelo