Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Dodge pede 22 anos de prisão para Collor

Equipe BR Político

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que o STF imponha ao senador Fernando Collor (PROS) uma pena de 22 anos, 8 meses e 20 dias, em ação penal no âmbito da Operação Lava Jato. No pedido, ela apontou a suposta participação do senador em propinas, que somadas, chegariam a R$ 50,9 milhões em contratos da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobrás. Ele é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na solicitação, Dodge cita carros de luxo, obras de arte e imóveis como parte da lavagem de dinheiro imputada a Collor, com o uso das supostas propinas. Procurado pelo Estadão, Collor afirmou que “mais uma vez será demonstrada a fragilidade da denúncia.”