Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria anuncia força-tarefa para prender criminoso libertado

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria, elogiou a medida tomada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, anulando a decisão do ministro Marco Aurélio Mello que libertou o traficante André Macedo, o André do Rap. O problema é que a decisão foi revertida quando André já tinha sido solto. O governador anunciou que determinou que se organizasse uma força-tarefa para prender o criminoso, que pode ter fugido para o Paraguai.

“Parabéns ao presidente do STF, ministro Luiz Fux, por cassar decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que libertou o chefe do PCC, o criminoso André do Rap. Determinei força tarefa da polícia de SP para colocar esse bandido novamente atrás das grades. Lugar de bandido é na cadeia”, afirmou Doria.

Pouco antes, o governador tinha deixado clara sua decepção pela medida de Marco Aurélio Mello.

“Causa perplexidade a decisão do ministro do STF Marco Aurélio Mello, que determinou a libertação do traficante André Macedo, chefe do PCC condenado a 27 anos de prisão. O ato foi um desrespeito ao trabalho da polícia de São Paulo e uma condescendência inaceitável com criminosos”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Luiz FuxJoão DoriaMarco Aurélio Mello