Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria anuncia reabertura gradual em SP a partir de 1º de junho

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira, 27, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, que o Estado vai adotar o relaxamento das medidas de isolamento social a partir da próxima segunda, dia 1º de junho, em algumas regiões do Estado. O decreto que determina a quarentena em São Paulo se encerra no próximo dia 31.

O governador João Doria em coletiva

O governador João Doria em coletiva Foto: Reprodução/Youtube

“Hoje é um dia importante pra São Paulo e os 46 milhões de brasileiros de São Paulo. Estamos anunciando a retomada consciente a partir de 1º de junho. Manteremos a quarentena até 15 de junho, mas com a retomada de algumas atividades econômicas”, disse Doria.

A flexibilização recebeu o nome de “Retomada Consciente”. De acordo com Doria, o isolamento social até o dia 31 de maio terá ajudado a salvar 65 mil vidas no Estado. “Se tivermos que dar um passo atrás, se tivermos que retomar medidas que agora estamos flexibilizando gradual, parcialmente ou de forma heterogênea, não exitaremos em fazê-lo para salvar vidas”, disse Doria, que afirmou ainda que tanto ele como o Prefeito Bruno Covas (PSDB) “não têm compromisso com o erro”.

Segundo o governador, a retomada será dada nas cidades que tiverem redução consistente no número de casos, nas que tiverem disponibilidade de leitos nos hospitais públicos e privados, e nas que obedecerem o distanciamento social.

Doria também anunciou que o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis deverá integrar o Comitê de Contingência do Coronavírus.

Fases

Atualmente, o Estado tem regiões em três fases: Alerta máximo (1; vermelho); Controle (2; laranja); e flexibilização (3; amarela). A Grande São Paulo e a Baixada Santista se encontram na fase 1. Quatro regiões estão aptas para a flexibilização. São elas: Barretos, Presidente Prudente, Araraquara/ São Carlos e Bauru. Nas zonas de área vermelha, a quarentena está mantida até dia 15 de junho.

A fase 3 permite a reabertura, com restrições dos seguintes setores: bares e restaurantes, comércio, shoppings e salões de beleza. Academias, teatros, cinemas e atividades com aglomerações seguem proibidas.

Condição das regiões do Estado na pandemia

Condição das regiões do Estado na pandemia