Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria chama manifestantes de ‘amigos do vírus e inimigos da vida’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Depois de dois dias seguidos, em meio à pandemia do novo coronavírus, de atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), na Capital paulista, o tucano afirmou nesta quarta-feira, 22, que os manifestantes se comportaram como “defensores e amigos do vírus e inimigos da vida”. O comentário foi feito por Doria durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

O governador João Doria

O governador João Doria Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão

“Insistiram em fazer manifestações como se estivessem imunes”, disse Doria. Estimulados pelo presidente Bolsonaro, manifestantes foram às ruas no final de semana em apoio ao governo federal e contra o isolamento social.  Trecho de um quarteirão da Avenida Paulista chegou a ser fechado pelos bolsonaristas. “Não sejam irresponsáveis”, recomendou Doria, que sugeriu que as próximas manifestações contra o governo do Estado sejam feitas pela internet.

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriaJair Bolsonarocoronavírus