Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria defende simplificação tributária

Marcelo de Moraes

O governador de São Paulo, João Doria, já tem participado das discussões políticas sobre o melhor modelo de reforma tributária que deve ser votado pelo Congresso no segundo semestre. Ontem, ele se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que tem bancado o texto elaborado pelo economista Bernardo Appy e que foi apresentada como Proposta de Emenda Constitucional (PEC) pelo líder do MDB, Baleia Rossi. Existe também outra proposta no Senado e mais uma sendo gerada pela equipe econômica do governo. Apesar de todas essas propostas, Doria disse hoje ao BR18 que a principal ideia que deve ser contemplada é a de simplificar, mas sem retirar a capacidade de arrecadação de Estados e Municípios e permitindo que o setor empresarial tenha sua vida mais facilitada.

“Defendo basicamente a simplificação tributária com justiça. De maneira que Estados e Municípios não saiam perdendo. Mas, principalmente, o setor empresarial tenha facilidade na administração e no pagamento dos impostos. Sem a complexidade, duplicidade, sobreposições e burocracia atualmente existentes. Isso inibe, dificulta e aumenta o custo para o setor privado. E acaba favorecendo também a sonegação ou a maquiagem fiscal”, diz. “Tem de simplificar, facilitar, mas preservar a condição de arrecadação de Estados e Municípios”, afirmou o governador. /Marcelo de Moraes 

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriaReforma tributária