Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria diz que MP sobre agentes públicos ‘é feita sob medida’ para Bolsonaro

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou na manhã desta segunda-feira, 18, a Medida Provisória editada pelo Planalto, que isenta agentes públicos de responsabilidades em eventuais erros cometidos no combate à pandemia de coronavírus. “É um absurdo completo, aliás feita sob medida para o próprio (presidente Jair) Bolsonaro e para sua família, com um mandato de isenção tendo um comportamento ruim. O Congresso não vai aprovar isso, tenho certeza”, disse Doria, em entrevista à rádio CBN.

O governador de São Paulo, João Doria

O governador de São Paulo, João Doria Foto: Governo do Estado de São Paulo

O tucano disse ainda que só e possível retomar o diálogo com o governo federal se o presidente Jair Bolsonaro mudar de postura em relação ao combate à pandemia. Bolsonaro é contrário às medidas de distanciamento social para contenção do coronavírus.

“A divergência dele não é apenas com governadores, com prefeitos, com o Congresso. A objeção do presidente Bolsonaro infelizmente é com a ciência, a saúde, a orientação médica. Se ele mudar de posição e começar a seguir o que defendiam seus ministros da saúde, pode haver diálogo”, afirmou Doria.