Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria manda tirar de circulação material com ‘apologia à ideologia de gênero’

Equipe BR Político

Após indireta do presidente Jair Bolsonaro (PSL) nas redes sociais, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a retirada de circulação de um livro didático dedicado a alunos do 8º ano que continha um capítulo sobre identidade de gênero e sexualidade.

Doria classificou a ocorrência como um “erro inaceitável”. Apesar dos esforços para se descolar de Bolsonaro para trilhar um caminho mais ao centro mirando 2022, o tucano demonstra que os dois ainda compartilham pautas como essa.”Solicitei ao Secretário de Educação o imediato recolhimento do material e apuração dos responsáveis. Não concordamos e nem aceitamos apologia à ideologia de gênero“, anunciou o governador no Twitter.

De acordo com nota do governo do Estado, menos de 10% dos alunos do ensino fundamental tiveram acesso ao material, que foi recebido por eles em agosto.”O tema de “identidade de gênero” está em desacordo com a Base Nacional Comum Curricular, aprovada em 2017 pelo Ministério da Educação e também com o Novo Currículo Paulista, aprovado em agosto de 2019. Assim, o assunto extrapola os dois documentos, que tratam do respeito às diferenças e à multiplicidade de visões da nossa sociedade”, alega o texto enviado ao BRPolítico.