Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria: ‘Não vou facilitar a vida do Lula’

Marcelo de Moraes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que vai usar “a força de São Paulo” e do seu mandato para apoiar a aprovação da PEC que estabelece prisão para os condenados em segunda instância. Em discurso hoje, durante entrega da UBS de Iguape, no Vale do Ribeira, o tucano fez referência direta ao caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O petista foi solto da cadeia, após 580 dias preso, justamente pela nova interpretação dada pelo Supremo Tribunal Federal, sobre a questão, derrubando a obrigatoriedade da prisão depois da condenação em segunda instância.

“Nós estamos apoiando a PEC para que em segunda instância, quem for criminoso, fique na cadeia. Não vai ficar fora da cadeia, não. Não é o tema de hoje aqui, mas eu não vou facilitar a vida do Lula. Se ele está pensando que eu vou facilitar, não vou não. Vou usar a força de São Paulo e do meu mandato. E dos deputados e senadores de São Paulo para colocar essa PEC, que é constitucional, ao contrário do que os deputados petistas dizem. Ela é. Para que aquele que for julgado culpado em segunda instância cumpra na cadeia. De onde Lula não deveria ter saído”, afirmou Doria em seu discurso.

Tudo o que sabemos sobre:

Doriaprisão em segunda instânciaLula