Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria: ‘Nenhum dirigente convencerá a opinião pública com mentiras’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) criticou o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU nesta quarta-feira, 23 e fez menção a falas do presidente contestadas por especialistas e pelos fatos em coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

O governador de São Paulo, João Doria

O governador de São Paulo, João Doria Foto: Governo SP

“Nenhum dirigente público convencerá meios de comunicação e a opinião pública com falácias, sofismas, desinformação, negacionismo, fake news, ou mentiras”, disse. “O vírus não foi embora, não tirou férias e nunca foi um resfriadinho. Como nunca foram também caboclos e índios os responsáveis pelo desastre ambiental que estamos vendo na Amazônia brasileira”, continuou.

Doria mencionou também a queda de investimentos internacionais no Brasil e atribuiu parte da diminuição à “falta de cuidado e atenção” com questões ambientais e relativas à saúde e  proteção contra a covid-19. “O negacionismo da pandemia, do meio ambiente não resolve problemas, ao contrário, agrava consequências”, afirmou o governador. 

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriacoronavacJair Bolsonaro