Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria pede R$ 1,9 bi ao governo federal para vacina

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador João Doria (PSDB-SP) está em campanha para arrecadar ao menos R$ 1,9 bilhão para a produção da vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. Nesta quarta, 26, ele se reuniu com o setor privado, enquanto o Secretário de Estado da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, se reuniram com o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, para tratar do assunto. O governo estadual pediu pelo menos R$ 1,9 bilhão ao governo federal.

Vacina Coronavac é uma parceria do Instituto Butantã com a chinesa Sinovac e está em fase de testes em humanos no Brasil Foto: Divulgação / Governo do Estado de SP

O secretário especial e chefe do escritório de representação paulista em Brasília, Antonio Imbassahy, tenta mostrar otimismo. “Não vejo a menor possibilidade de o governo brasileiro não entrar na iniciativa do Butantan. O ministro abriu reunião colocando interesse em conhecer e apoiar”, afirmou ele.

Até poucos dias atrás, o presidente Jair Bolsonaro torcia a cara para o projeto de vacina de Doria. “O mais importante, diferente daquela outra (vacina) que um governador resolveu acertar com outro país, vem a tecnologia para nós”, disse no início do mês.

 

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriavacinaGoverno federalSinovac