Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria reconhece ‘exagero retórico’ sobre Alckmin

Equipe BR Político

Depois de defender que o ex-presidente nacional do PSDB Geraldo Alckmin deveria pedir licença do partido até a conclusão do processo em que é réu, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), mudou o tom na manhã desta sexta-feira, 14, e disse admirar o correligionário. “Quero registrar que, entre as virtudes dos homens públicos, está a necessidade de reconhecer exageros retóricos”, escreveu Doria no Twitter.

Em mensagem publicada na sequência, Doria afirmou que o “modesto patrimônio amealhado pelo ex-governador Geraldo Alckmin, em mais de 40 anos de vida pública, é a maior prova da correção para enfrentar as acusações que lhe são atribuídas. Renovo minha admiração pelo ex-governador Alckmin”, disse o governador.