Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria reconhece ‘excesso’ de PM no carnaval

Equipe BR Político

No Dia Internacional da Mulher, após sugerir, um dia antes, que a reportagem da CBN se informasse melhor sobre o comportamento da PM contra foliões na Barra Funda, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reconheceu que a Polícia Militar cometeu excessos “totalmente condenáveis” contra um minúsculo grupo de pessoas paradas em frente a um bar na rua João de Barros, no último dia de carnaval. “Assisti (ao vídeo) e julguei que houve excesso”, disse ele à emissora de rádio no dia seguinte.

A PM atirou com bala de borracha em um casal parado a menos de 3 metros de distância quando o bloco já havia sido dispersado e o trânsito já liberado. No batalhão, a mulher contestou o policial, que respondeu: “Não tenho cerimônia em quebrar cara de mulher”. Esse policial foi afastado e um inquérito foi aberto para investigar as agressões.

 

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriaCarnavalpm