Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria sobre Bolsonaro: ‘Não conheço administração por WhatsApp’

Equipe BR Político

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), atacou nesta quarta-feira, 19, o modo como o presidente Jair Bolsonaro tem tratado a crise com os governadores. “Eu não conheço administração por WhatsApp. Pode ser uma inovação do presidente Bolsonaro, mas eu não conheço eficiência que não seja do diálogo, o entendimento”, disse Doria, em Brasília.

Foto: Assessoria do governo do Estado de São Paulo

Ele se reuniu hoje com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). “Eu não posso compreender como administrar o Brasil sem conversar com governadores”, completou ele em entrevista após encontro. Doria citou as duas cartas públicas divulgadas recentemente e assinadas majoritariamente pelo fórum dos governadores cobrando o diálogo. A última delas critica as declarações e informações contra o governador baiano, Rui Costa (PT), feitas por Bolsonaro sobre a morte do miliciano Adriano da Nóbrega.

“Não é recomendável as declarações do presidente feitas ao governador Rui Costa, estabelecendo um diálogo por WhatsApp que intimida o governador da Bahia e impõe a ele uma condição inadequada e imprópria”, afirmou o governador paulista sem dar detalhes desse diálogo. Mesmo com as críticas, Doria disse que o presidente da República será bem-vindo ao fórum de governadores, ou, “se preferir, iremos até ele”. “Sem diálogo não há democracia; ninguém deseja governo autoritário, desejamos governo que respeita a democracia”.

Patrícia Campos Mello

O governador também voltou a criticar as ofensas do presidente dirigidas à jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha. Segundo o tucano, a escalada de ataques de Bolsonaro, aliados e simpatizantes não contribui para o debate democrático. “Desrespeitar a imprensa é afrontar a democracia”, disse .

“Espero que fato não se repita. A escalada de agressões à imprensa não contribui para debate democrático, para a pacificação do Brasil e coloca o presidente Bolsonaro num patamar que não lhe confere a respeitabilidade que deve ter como mandatário do País”. As informações são do Broadcats Político. 

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriaJair BolsonaroDavi Alcolumbre