Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Doria sobre citação a Lula: ‘Não é hora de ódio, mas de solidariedade’

Vera Magalhães

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria Jr., disse ao BR Político que fez um gesto “consciente” no sentido de aplacar o ódio político e pregar a solidariedade ao mencionar um post do ex-presidente Lula no Twitter, o que provocou controvérsia nas redes sociais e virou um dos assuntos mais comentados do dia no Twitter.

“O momento é de cuidar e salvar. Foi esse o sentimento da postagem”, afirmou ele, pouco antes da entrevista coletiva diária que concede para tratar da crise da covid-19. Ele disse discordar da avaliação de erro política feita por mim no BRP.

O governador de São Paulo, João Doria

O governador de São Paulo, João Doria Foto: Felipe Rau/Estadão

“Minha opinião sobre o ex-presidente Lula é conhecida, e ela não mudou. Mas não pauto minhas ações como político ou como gestor pelo ódio”, disse Doria.

Ele afirmou que fez o repost do tuíte de Lula “conscientemente”, sabendo que haveria artilharia. Nos últimos dias, Doria tem estado na alça de mira do bolsonarismo graças à diferença de abordagem que o governo federal e os governos estaduais, São Paulo à frente, têm adotado no combate ao novo coronavírus.

No post, Lula afirmava que governadores e prefeitos têm se conduzido bem na gestão da crise e fazia menção a uma decisão de Doria de mandar a Polícia Militar confiscar máscaras numa fábrica na Grande São Paulo.

“Nunca fechei o diálogo com a esquerda nem com a direita. Só quero distância dos extremos”, afirmou o governador.

Tudo o que sabemos sobre:

João DoriaLulacoronavírus