Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

DOU autoriza que INSS contrate de aposentados e militares

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério da Economia e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberam sinal verde para realizar a contratação temporária de 8.230 servidores federais civis aposentados e militares inativos para reforçar o atendimento do INSS, que há meses tenta reduzir a enorme fila de pedidos por benefícios previdenciários.

“O prazo para publicação do chamamento público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria”, cita publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 28. Do total de contratações, 7.400 profissionais serão selecionados para atuar no INSS nas atividades de atendimento e serviços administrativos e de concessão e revisão de benefícios e demandas judiciais. Os demais serão contratados para as secretarias de Gestão e Desempenho de Pessoal e de Previdência do Ministério da Economia, com 290 e 520 profissionais, respectivamente.

O texto que autoriza o chamamento para as contratações é assinado pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia e só foi possível depois da edição de uma medida provisória que liberou a contratação dos servidores aposentados e da regulamentação de uma lei de 2019, o que permitiu o trabalho temporário de militar inativo para o desempenho de atividades de natureza civil na administração pública.

Tudo o que sabemos sobre:

filainssmilitares aposentados