Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘É horrível ser patrão no Brasil’

Equipe BR Político

Além da reforma da Previdência (que deve ser “fatiada” pelo próximo governo), Jair Bolsonaro indicou um aprofundamento na reforma trabalhista. De acordo com a Coluna do Estadão, o presidente eleito pediu apoio durante encontro com lideranças do MDB para “aprofundar” as novas regras para empregados e empregadores. “Ninguém mais quer ser patrão no Brasil, é horrível ser patrão no Brasil com esta legislação que está aí”, disse.

Na saída do encontro, Bolsonaro evitou entrar em detalhes sobre o que significa “aprofundar” a reforma. Mas novamente sinalizou que trabalhadores terão que escolher entre “um pouco menos de direito e mais emprego”. Mas com ressalvas: “Algumas falam em aproximar nossa legislação trabalhista dos EUA, mas acho um pouco demais”, disse. Tudo tem limites, afinal.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonaroreforma trabalhista