Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

É para levar a sério dessa vez?

Marcelo de Moraes

Apesar das promessas de mudança no relacionamento com os parlamentares e dos pedidos de desculpas por carimbá-los com o rótulo de “velha política”, os dirigentes partidários ainda estão com o pé atrás com a aproximação feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

Existe o receio de que o presidente só esteja fazendo o gesto político porque não tem os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, projeto considerado central para o seu governo. Há quem aposte que, depois de garantir esse apoio, Bolsonaro voltará a ignorar deputados e senadores. Por causa disso, há uma postura dos dirigentes partidários de aguardar pelos próximos movimentos do presidente para saber se existe, realmente, a intenção de construir uma nova relação sólida. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Bolsonaro