Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Economistas preveem mais estagnação

Equipe BR Político

Pelo terceiro ano consecutivo desde que o Brasil saiu da recessão a economia não deve crescer muito mais que 1%. A previsão de economistas é decorrente das dificuldades políticas do governo e de fatores como a queda da produção mineral depois da tragédia de Brumadinho. Ao Estadão, economistas analisam o quadro e enunciam as razões para mais uma quebra de expectativas quanto à recuperação da atividade no País.

O pessimismo só cresce: enquanto a maioria dos especialistas fala em estagnação, há quem comece a ver sinais de que pode até mesmo haver uma nova recessão, ou recessão técnica, como os economistas-chefes da XP Investimentos, Zeina Latif, e da MB Associados, Sérgio Valle.

Tudo o que sabemos sobre:

Economiaestagnação