Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eduardo se indispõe com Senado antes de sabatina

Vera Magalhães

A convulsão provocada na militância bolsonarista por conta da atuação da família Bolsonaro, com Flávio à frente, para abafar a CPI da Lava Toga, assustou os filhos do presidente. Eduardo, cuja indicação para a Embaixada do Brasil em Washington terá de passar pelo Senado, resolveu entrar na confusão e postou em sua conta nas redes sociais o vídeo de uma youtuber, Paula Marisa, que faz críticas aos senadores –inclusive do próprio PSL! Também se socorreu de um vídeo do guru Olavo de Carvalho.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro tenta articular sua nomeação como embaixador do Brasil nos EUA

O deputado federal Eduardo Bolsonaro tenta articular sua nomeação como embaixador do Brasil nos EUA. Foto: Adriano Machado/Reuters

A tendência dos Bolsonaro de quererem apagar incêndios com gasolina pode tirar votos preciosos da indicação de Eduardo. Mas a entrada do filho deputado na treta que deveria ser administrada pelo irmão mostra que eles sentiram o golpe dos ataques para lá de virulentos que partiram de uma ala da militância virtual.

Um dos que se rebelaram foi o youtuber Nando Moura, que depois de um interregno voltou às redes sociais vociferando contra a guinada de Jair Bolsonaro e seus filhos contra investigações e em favor de operações-abafa que incluem ministros do STF como Dias Toffoli e Gilmar Mendes. Moura tem mais 3,3 milhões de inscritos em seu canal, e seu rompimento com Bolsonaro é visto como explosivo para a base de apoio do presidente.