Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eduardo Bolsonaro sugere que regime militar ‘ajeitou’ o Brasil

Equipe BR Político

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), saiu em defesa, na manhã desta sexta-feira, 14, das obras de infraestrutura feitas durante o regime militar. Segundo Eduardo, se não fossem essas construções, o Brasil ainda “não teria nada”. Na tarde de hoje, o presidente Jair Bolsonaro vai inaugurar a pavimentação da BR-163, no Pará. A rodovia foi implementada em 1976, durante a ditadura militar, no período comandado pelo presidente Ernesto Geisel.

Foto: Gabriela Biló/Estadão

“Sem as obras do regime militar, tempos em que se pensava a longo a prazo, o Brasil não teria nada. Arrisco dizer que ainda seria a 48ª economia do mundo”, escreveu no Twitter. O filho do presidente Bolsonaro afirmou, ainda, que o período da ditadura militar “ajeitou o País”, que mais tarde foi “saqueado pela esquerda”.

“O problema foi que após ajeitar o País, a esquerda veio e nos saqueou por décadas. Não podemos repetir esse erro!”, escreveu o deputado.