Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eduardo defende ‘sinergia’ entre diplomacia e defesa nacional

Equipe BR Político

Na iminência de ser indicado formalmente para assumir a embaixada do Brasil em Washington, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) defendeu nesta quarta-feira, 14, a “sinergia” entre diplomacia e defesa nacional ao discursar na abertura do Seminário “Desafios à Defesa Nacional e o papel das Forças Armadas”, realizado na Câmara. Diplomacia e Defesa são faces da mesma moeda. Instrumentos de exercício da soberania nacional e da garantia da autonomia em nosso relacionamento externo”, disse a uma plateia composta majoritariamente por deputados e militares.

Eduardo disse ainda que os dois setores querem caminhar juntas em “um projeto de Brasil acima de tudo e de uma pátria soberana e forte”. Na última sexta-feira, 9, o governo dos Estados Unidos deu sinal verde à indicação de Eduardo ao cargo. “Tanto para o diplomata quanto para o soldado, o cenário com que se defrontam é imprevisível e instável. As ameaças são difusas e invisíveis”, disse. O ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, que estava no evento, afirmou que a indicação do filho do presidente da República está “dentro dos parâmetros”, segundo o Broadcast Político.