Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eduardo diz estar ‘protegido’ por imunidade

Equipe BR Político

Após ser fortemente criticado por uma grande parte do mundo político, por ministros do STF, por partidos e até pelo próprio pai, o deputado Eduardo Bolsonaro alegou que sua declaração de apoio ao retorno do AI-5 foi deturpada, pediu desculpas, voltou a criticar a esquerda, mas nesta noite de quinta, 31, indicou estar protegido pela imunidade parlamentar, que, segundo ele, também serviu de argumento na avaliação do caso pelo procurador-geral Augusto Aras.

“A imunidade é sobre opiniões, palavras e votos, imunidade para falar e não para roubar. PGR Augusto Aras fez interpretação correta do dispositivo”, escreveu o parlamentar em referência ao tuíte de um aliado que afirmava que Aras “avaliou” que a fala do Eduardo é “uma opinião protegida pela imunidade parlamentar”.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

AI-5Augusto ArasEduardo Bolsonaro