Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eduardo faz emenda ao seu ‘soneto’ sobre ‘força contra Maduro’

Equipe BR Político

Após dizer que “vai ser necessário o uso de força” contra o governo de Nicolás Maduro e ser desmentido pelo presidente Jair Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro tentou se explicar: ele não estava falando pelo seu pai, nem se referindo às Forças Armadas brasileiras. Ele estava apenas repetindo o que disse o presidente norte-americano Donald Trump.

“Trump falou: ‘todas as opções estão sobre a mesa’. E falei que não creio que Maduro vá sair pacificamente do poder, pois ele além de ditador é um bandido envolvido com tráfico de drogas e terrorismo. Em algum momento será preciso força,mas isso não significa força militar do Brasil”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo BolsonaroVenezuela