Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eduardo sobre Paraisópolis: ‘Frequente outros lugares’

Gustavo Zucchi

Eduardo Bolsonaro foi na direção oposta sobre a morte de 9 jovens após uma ação policial na favela de Paraisópolis, em São Paulo. Enquanto a maioria dos políticos e especialistas condena a ação da PM paulista, o filho do presidente Jair Bolsonaro achou uma boa ideia enaltecer a operação em um baile funk. Em tom de ameaça, o “03” aconselhou aos jovens a ficar longe dos “pancadões”. “Fica aqui este recado e este conselho para os mais jovens: quer preservar sua vida, frequente outros lugares”, disse o deputado. “De maneira nenhuma a gente pode culpar a PM por isso. Quem está errado é bandido que dá tiro para cima da polícia e a população que não coopera com as autoridades”, afirmou.

Deputado Eduardo Bolsonaro Foto: Dida Sampaio/Estadão