Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Eleição não pode ficar entre prisão e facada’

José Fucs

O prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, coordenador da campanha de Alckmin, disse neste sábado, 22, que a coligação do tucano ainda não jogou a toalha. Segundo ele, o atual quadro de dificuldades para Alckmin é fruto de uma “comoção” causada pelo atentado contra Bolsonaro e a “novela” em torno da prisão de Lula e de quem seria herdeiro do espólio petista.

“Nós sabíamos que apoiar Geraldo não era o caminho mais fácil”, afirmou ACM, segundo o Estadão. “Agora, a eleição não pode ficar entre uma prisão e uma facada. Depois, não adianta chorar sobre o leite derramado.” / J.F.

 

Tudo o que sabemos sobre:

alckminACM NetoBolsonaroDEMLula