Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eleições municipais podem ser adiadas?

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Com a crise do coronavírus prometendo se prolongar ao longo de todo primeiro semestre e ameaçando invadir o segundo, parlamentares estão discutindo a possibilidade de adiar as eleições municipais, marcadas para outubro. Apesar da perspectiva de ainda aguardar o desenrolar do vírus, já devem ser apresentadas propostas nesse sentido.

A ideia é, especialmente, utilizar os recursos do pleito para que a Saúde tenha mais dinheiro para combater a doença. O deputado Fábio Ramalho (MDB-MG), deve apresentar em breve um projeto para que o pleito aconteça só em 2021. A ideia seria não “sobrecarregar” o sistema eleitoral em 2022, ano em que deve acontecer as eleições nacionais, como informa o Correio Brasiliense.

Parlamentares discutem possibilidade de adiar eleições municipais

Parlamentares discutem possibilidade de adiar eleições municipais Foto: Fabio Motta/Estadão

Outro projeto deverá ser do senador Major Olímpio, que quer deixar a escolha de prefeitos e vereadores para daqui a dois anos. O atual mandato dos membros do Executivo e Legislativo municipais seria prorrogado em dois anos. “Minha proposta é para que o dinheiro da eleição seja deslocado para gastos com o combate do Covid-19 e no atendimento aos afetados pela pandemia. Devemos concentrar esforços nessa luta”, disse Olímpio.

Tudo o que sabemos sobre:

eleição municipaladiamentocoronavírus