Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Eleito, Fernández prestigia México

Marcelo de Moraes

Na sua primeira viagem internacional depois de vencer as eleições argentinas, o presidente eleito Alberto Fernández decidiu prestigiar o México, escolhendo o país como destino. Ele viaja nesta sexta. Entre os diplomatas, a opção pelos mexicanos foi interpretada como uma espécie de mensagem para o Brasil, já que Fernández e Jair Bolsonaro têm trocado estocadas desde que o argentino passou a ter chances reais de derrotar o atual presidente Maurício Macri. Assim, em vez de estreitar os laços políticos e comerciais com o vizinho, a Argentina optou por valorizar uma futura relação com o governo de López Obrador.

Apesar de peronista, Fernández é visto pelo governo brasileiro como um político “de esquerda”, especialmente por ter a ex-presidente Christina Kirchner como vice e pela sua proximidade com Luiz Inácio Lula da Silva. Durante a campanha, Bolsonaro criticou a possibilidade de Fernández ser eleito e chegou a afirmar que a Argentina corria o risco de se tornar uma nova Venezuela, se os eleitores optassem por um candidato de esquerda.

 

Tudo o que sabemos sobre:

ArgentinaAlberto Fernández